Make your own free website on Tripod.com

logdejavu.jpg

Capítulo VII

Home
A Autora
Trailer
Personagens
Capítulo I
Capítulo II
Capítulo III
Capítulo IV
Capítulo V
Capítulo VI
Capítulo VII
Capítulo VIII
Capítulo IX
Capítulo X
Capítulo XI
Capítulo XII
Capítulo XIII
Capítulo XIV
Capítulo XV
Capítulo XVI
Capítulo XVII
Capítulo XVIII
Capítulo XIX
Capítulo XX
Capítulo XXI
Capítulo XXII
Capítulo XXIII
Capítulo XXIV
Capítulo XXV
Capítulo XXVI
Capítulo XXVII
Capítulo XXVIII
Capítulo XXIX
Capítulo XXX
Capítulo XXXI
Capítulo XXXII

 

 

 REVELAÇÕES




( "As coisas mais importantes da nossa vida acontecem quando menos esperamos e quando mais precisamos” )





Mayra:
NOOOOOOSSAAAAAA! *gritei!*




Professora Patrícia: A senhorita está com algum problema, dona Mayra??

Mayra: Não, professora, desculpe-me.




Talita:  Professora, acho que a Mayra está pedindo para a senhora tirar a prova dela!


Jéssica: HAHAHAHAHAHAHAHAHA!

 

Professora Patrícia: Mayra, a senhorita não quer zerar, não é mesmo?

 



Mayra: Claro que não, professora. Essa ANTA não sabe o que fala!

 



Talita:
QUE?! O que você disse, sua baleia orca???





Jéssica:
HAHAHAHA, baleia... baleia é engraçado!
 

Talita: Cale a boca, sua imbecil!

 



Mayra:
É isso aí que você ouviu! Sua anta metida a besta! Cala a sua boca!




Talita:
Melhor do que ser gorda, feia e cheia de espinhas!





Mayra:
Vai lá retocar a maquiagem que tá dando pra ver suas verrugas e pés-de-galinha!




Jéssica:
HAHAHAHAHAHAHAHAHA, é verdade, Talita!!

Talita:
Cala a boca, Jéssica! E cala a boca, Mayra, sua gorda mal-amada!

Mayra: Sou gorda, mas posso emagrecer! E você que é feia?!?!




Fiona:
JÁ CHEGAAAAA!!!! CALA A BOCA AS DUAS! AGORA!!!! Tô querendo fazer a merda da minha prova aqui, numa boa, e ninguém cala a maldita boca! CALA A BOCA, CALA A BOCAAAAAAAA, POR**!




"Depois disso, a sala inteira parou, olhou pra Fiona... e deu risada.

Ai, ai... essa Fiona é doida! Não abre a boca pra nada, só quando tem algo útil a dizer! Morro de rir com essa menina!"




Professora Patrícia:
Ok, ok, sentem-se meninas! Acabou o show! Resolvam isso no intervalo. Agora é hora de P-R-O-V-A!!!!





"Voltei a concentrar-me em minha prova – ou pelo menos tentar. Eu estava tão surpresa e feliz comigo mesma! Estava realizada! Eu nunca havia enfrentado a megera do colégio dessa forma... nunca tive coragem de revidar, sempre levava e ficava quieta. Hoje eu estou me sentindo tão bem, tão feliz, tão corajosa, tão, tão, tão...... VIVA!! Parece que tomei um choque... que nasci de novo, que acordei pra vida... eu sinto que posso fazer qualquer coisa!"

"Na prova, havia três exercícios. Dois eu já havia resolvido, só restava-me um,
sendo de múltipla escolha que, por incrível que pareça, estava mais difícil que os outros. Às vezes, teoria é pior do que cálculos! Os itens a, b, c, d, e parecem dizer a mesma coisa! Como vou resolver essa questão?!?"


 

"Lembrei-me do que o garoto da escada havia me dito: 'quando um elemento oxida é porque ele perdeu elétrons'. O que aquilo significava, eu não fazia a mínima idéia, mas era exatamente esta a resposta da questão de múltipla-escolha que me faltava! Senti um frio na barriga. Seria coincidência ou destino?"




Fiona *cochichando*:
O que foi, Mayra? Você tem um sorriso no rosto.

Mayra:
Errrr... Não é nada, não, amiga... faz a prova aí!

Fiona:
Ãhnnnn.... ok.




"
Fiona pode ser lerdinha a maior parte do tempo, mas sabe muito bem o que as pessoas sentem e se preocupam com elas. E quando se irrita... bem, vocês viram como ela fica!"




"Depois de alguns minutos, acabei minha prova."




Mayra:
Professora, acabei! Tchau!

Professora Patrícia:
Ei, espera aí! Não quer saber da sua nota?




"BAH! Pouco me importava a nota! Eu estava mais interessada em procurar pelo garoto que havia roubado um sorriso meu! Hoje é um novo dia para mim!"




"Corri até o lugar onde o encontrei, mas, para minha infelicidade, ele não estava mais lá. Pensei em procurá-lo, mas o colégio era grande demais."




O que fazer?!?! Minhas opções estavam acabando!

Havia algumas pessoas andando pelo pátio. Não conhecia nenhuma delas, mas com a coragem que nunca tive, fui a cada uma delas e lhes perguntei:




Mayra:
Você viu um garoto de cabelo moicano, loirinho...?

Pessoa 1: Moicano? Não...




Pessoa 2:
Loiro? Não...




Pessoa 3:
Garoto? Não...





"URGH!! Será que foi uma miragem!? Um sonho? Um fantasma?! Estou louca?! Vendo coisas??

Mas... como assim?! Nunca viram um garoto de moicano aqui.... muito menos loiro."





"O que estou falando? Eu também nunca o tinha visto em minha vida inteira! Que criatura é essa?! Um espírito?! É alguma brincadeira? Estou tendo alucinações?!"





"O que há de errado comigo!!!! Estou louca?!

Ele só pode ser................ aaaahh, não! Não pode ser! É impossível!"





".... será?"

 

 

 

Não perca o próximo capítulo de Déjà Vu! \o/


Participação especial de:
Fazinha, Igor e Catarina. ;)

*Todos os direitos reservados à Roberta Ayres Torres (Silly Girl) e Igor Akio Matsuoka - 2005/2006/2007/2008*