Make your own free website on Tripod.com

logdejavu.jpg

Capítulo V

Home
A Autora
Trailer
Personagens
Capítulo I
Capítulo II
Capítulo III
Capítulo IV
Capítulo V
Capítulo VI
Capítulo VII
Capítulo VIII
Capítulo IX
Capítulo X
Capítulo XI
Capítulo XII
Capítulo XIII
Capítulo XIV
Capítulo XV
Capítulo XVI
Capítulo XVII
Capítulo XVIII
Capítulo XIX
Capítulo XX
Capítulo XXI
Capítulo XXII
Capítulo XXIII
Capítulo XXIV
Capítulo XXV
Capítulo XXVI
Capítulo XXVII
Capítulo XXVIII
Capítulo XXIX
Capítulo XXX
Capítulo XXXI
Capítulo XXXII

 

 
 TUDO A PERDER

 


 

Professora Patrícia: Coloquem seus trabalhos sobre suas mesas para eu recolhê-los e poder entregar-lhes a prova.

 

"É... a prova final ia começar. Eu precisava tirar uma boa nota. Me empenhei bastante neste trabalho, para garantir uma notinha extra, caso eu vá muito mal na prova. Olhei em baixo de minha carteira para pegar meu trabalho e percebi... meu caderno não estava lá! Como eu iria colar? Todas as minhas "anotações" estavam lá dentro! Olhei para as outras carteiras, pensando tê-lo deixado com a Lis, ou com a Fiona. Em vão. Foi então que a ficha caiu e eu me dei conta de que o pior havia acontecido: lembrei-me que o TRABALHO estava DENTRO do caderno desaparecido! O que já estava ruim, piorou!"

 


 

Mayra: Perfeito! Ótimo! Só me faltava esta! Sou mesmo uma grande idiota! Alguém me mata, por favor?
 


 

Talita: Eu faria isso com muito prazer se não corresse o risco de quebrar minhas lindas unhas!

Jéssica: HAHAHAHAHAHAHAHA!

 

"E agora? O trabalho valia metade da nota. Sem ele, nada de passar de ano. Comecei a suar frio, tremer e entrei em pânico. Minha única alternativa era explicar para a professora o que havia acontecido, em uma tentativa dela deixar-me procurar pelo caderno."

 

"Mas sequer precisei fazer isso. Isa invadiu a sala..."

 


 

Isa: Companheiros e companheiras! Estou aqui, interrompendo vossas atividades, para dar um comunicado muito importante! A edição desta semana do “Anarquia Já!” já está em circulação! É gratuito, pois informação não é um produto a ser vendido e consumido, informação é uma necessidade humana! Saibam de toda a verdade por trás da nossa cantina, ou melhor dizendo, da CARNIFICINA de nosso colégio! Leiam o artigo de nossa amiga Fiona, criticando a cena punk do país! Não deixem de ler também a.......

 

"Devia ser um sinal divino. Enquanto Isa falava, falava e falava – eu já estou tão acostumada com seus discursos infinitos -, resolvi correr atrás do meu caderno, literalmente.

Será ela a minha anja de cabelos loiros?!?

Nhé... não pode ser. A vovó não teria tamanho mau gosto assim!"

 


 

"Passei pelo corredor e fui até a escada, certa de que o caderno ainda estaria lá..."

 


 

"Quando cheguei mais perto, percebi, de fato, que eu era a pessoa mais infeliz, ferrada e azarada de todo o universo: a droga do caderno havia sumido!"

 

Mayra: NÃÃÃÃOOOO!!! Não pode ser! Só acontece comigo! Eu vou ter que fazer o 3° ano de novo! Vou ter que agüentar este inferno mais uma vez! Eu sou uma idiota! QUÍMICA MALDITA! DESGRAÇADA!

 

"Fiquei desesperada! O que eu ia dizer à professora desta vez? Não havia chance dela me dar outro trabalho, pois não havia mais tempo para nada. As notas precisavam ser fechadas até às quatro horas da tarde, e já eram dez para o meio-dia! Só um milagre divino me salvaria! Só um anjo vindo dos céus poderia me salvar dessa situação!"

 


 

"O que eu iria fazer? Olhei para o céu, fiquei pensando no que fazer, mas a única coisa que me vinha a cabeça é que estava um belíssimo dia. O céu estava azul, o Sol brilhava intensamente, a montanha ao lado do colégio estava com uma leve neblina em seu cume, as borboletas rodopiavam entre as flores do jardim do pátio do colégio. Tudo tão lindo, tão quieto, tão natural, tão pacífico! E eu lá, estressada por causa de um caderno. Ah, como eu gostaria que a minha vida fosse tranqüila e sem decepções. Ahhh..."

 

 

"Foi então que, de repente, eu vi: um anjo se aproximou de mim."

 

Não perca o próximo capítulo de Déjà Vu! \o/

*Todos os direitos reservados à Roberta Ayres Torres (Silly Girl) e Igor Akio Matsuoka - 2005/2006/2007/2008*